Sexo Anal Demanda Cuidados na Higiene Íntima

Sem pressa, o casal pode descobrir e curtir a prática do sexo anal com prazer e segurança. Veja este depoimento abaixo.

Sou casada há 20 anos e queremos inovar na nossa vida sexual. Gostaria de experimentar o sexo anal, mas já ouvi histórias estranhas a respeito. Devo tomar algum cuidado em termos de saúde e higiene?

Existem mitos e preconceitos a respeito do sexo anal que, geralmente, são formados a partir de valores morais e religiosos.

A ideia de cometer uma prática imoral ou um pecado impede algumas pessoas de experimentar.

Outros entendem como uma diversificação na transa.

A camisinha é uma aliada do sexo anal. Facilita a higiene e deixa a transa mais segura para o casal. O receio costuma estar ligado à ideia de que a prática provoca hemorroidas, câncer e incontinência fecal, pontos ainda em discussão por especialistas, e ao medo de sentir dor.

 

Quer Ter Orgasmo No Sexo Anal? Conheça Mitos e Verdades

Dá para chegar ao orgasmo com sexo anal? Sempre vai doer? Tem que lubrificar? Causa hemorroidas? Causa câncer?

A prática considerada milenar, mas que ainda é tabu nos dias atuais, é sempre permeada de dúvidas.

O UOL consultou especialistas para esclarecer alguns mitos e verdades sobre o sexo anal.

Para Fábio Guilherme Campos, presidente da Sociedade Brasileira de Coloproctologia, o primeiro passo para ter prazer no sexo anal é fazer somente quando tiver vontade e se sentir relaxado.

Uma boa lubrificação e muita calma nessa hora também ajudam.

"O sexo anal é assim: ame-o ou deixe-o. Por que há a tendência natural de se contrair a musculatura responsável pela evacuação, os esfincteres anais, durante a penetração. Uma posição relaxada, uma penetração lenta e pausada depois da lubrificação evitam que a pessoa sinta dor", afirma Campos.